quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Rodrigues Alves Recebe Microonibus para Atender Estudantes Deficientes


O prefeito de Rodrigues Alves, Francisco Ernilson de Freitas, Burica, recebeu na semana passada um micro ônibus adquirido através de convênio com o Ministério da Educação e Cultura, para atender crianças deficientes do município que não tem condições de se deslocar para a escola. Burica foi a Rio Branco receber o veículo e elogiou o apoio do presidente Lula que tem beneficiado os municípios.

“Agradeço a Deus e o apoio que o presidente Lula tem dado aos municípios mais carentes e pela parceria e atenção especial ao nosso Estado, trazendo melhorias para nossa população. Se não fosse essa dedicação das autoridades e políticos os municípios menores teriam mais dificuldade para receber recursos federais”, ressaltou.

Burica enfatiza que sua administração está completando 1 ano e 7 meses de muito trabalho, com bastante ações que beneficiam a população da zona urbana e rural do município, um compromisso assumido em campanha que está se tornando realidade.

“Na verdade estamos com um ano e sete meses de mandato e já realizamos bastante obras e ações que beneficiam a população. Este ônibus que recebemos, através de um convênio com o Ministério da Educação, é mais uma conquista para atender nossas crianças deficientes que tem dificuldade de se deslocar até a escola. Constatamos que muitas crianças deficientes não estudam porque moram distante das escolas e os pais não tem condição de levá-las para estudar. Agora, com o micro ônibus, vamos buscá-las em casa para que elas sejam inseridas na comunidade através da educação”, disse.

Burica ressaltou que a luta pela liberação de recursos é muito trabalhosa, mas sua equipe tem se dedicado para que não perder nenhum recurso federal ou estadual destinados ao município e agradeceu o esforço do senador Tião Viana e dos parlamentares federais que lutam para que as verbas sejam liberadas.

Ideb de Rodrigues Alves atinge meta de 2013 sendo o melhor do Juruá


O prefeito de Rodrigues Alves, Francisco Ernilson (Burica), comemorou o anúncio do resultado do Índice de Avaliação da Educação Básica (Ideb) do município que teve a melhor avaliação dos municípios do Juruá e atingiu a meta prevista para o ano 2013, destacando que sua administração está investindo recursos na construção de escolas de qualidade, informatização, merenda escolar e internet, que não existia no município quando assumiu o mandato.
“Nosso município foi muito bem avaliado, sendo o primeiro lugar na região do Juruá. Estão de parabéns o secretário e os funcionários da educação que fazem as coisas funcionarem. Graças a Deus os secretários e servidores do nosso município tem ajudado muito e estamos conseguindo realizar nossos objetivos”, disse.
Burica lembrou que a prefeitura de Rodrigues Alves está fazendo um investimento muito grande em todas as áreas, com destaque na saúde e educação, que são prioridades. “ Penso que quando se faz o investimento do dinheiro público com ética e corretamente as coisas funcionam, o retorno vem e esta avaliação é uma prova do grande trabalho que está sendo feito no município de Rodrigues Alves em busca de melhores dias aos cidadãos”, disse.

O secretário municipal de Educação, Ernilson Freitas, comemorou o resultado do Ideb do município e a aquisição do micro ônibus que mostram o empenho do prefeito Burica na melhoria da qualidade de vida da população.

“Ficamos muito felizes em constatar que nosso trabalho, que tem o apoio do prefeito Burica, está dando resultados. O micro ônibus que a prefeitura recebeu vai possibilitar que muitas crianças deficientes que estão em casa sem estudar porque não tem como chegar na escola possam ser inseridas na educação. Não podemos deixar estas crianças isoladas e agora vamos buscá-las em casa para participar da vida escolar”, disse.

Segundo o secretário a avaliação do município pelo Índice de Avaliação do Ensino Básico (Ideb), primeiro lugar na região do Juruá, alcançando a meta prevista para 2013 e tirando o município do 9º para o 6º lugar na avaliação estadual.
“ É um grande esforço que está sendo feito pelo prefeito Burica que está prestigiando os professores e servidores com aumento salarial, além de investir na reforma e construção de escolas nova de alvenaria, com rampas para cadeirantes, laboratório de informática, equipamentos de primeira qualidade – carteiras, mesas – além de merenda escolar. Creio que o povo está vendo que a administração do prefeito Burica está mudando para melhor e estamos felizes de ver que os índices de avaliação estão refletindo o resultado do trabalho”, finalizou.

Câmara Concede Titulo de Cidadão Cruzeirense a Professor da UFAC


O vereador Romário Tavares D’Àvila (PSDB) entregou ao professor doutor André Luiz Melhorança, do curso de Agronomia do Campus Floresta, da Universidade Federal do Acre (Ufac) o título de Cidadão Cruzeirense, que foi aprovado por unanimidade dos vereadores, pelos seus relevantes serviços prestados à comunidade cruzeirense.
Professor efetivo do Campus Floresta da Ufac, André Luiz desenvolve em parceria com a professora doutora Karen, um projeto que vai investir mais de R$ 1,5 milhão na compra de equipamentos, construção e implantação de laboratórios de última tecnologia para os estudantes do curso de Agronomia, através de um convênio com a FINEP – Agência Financiadora de Projetos de Pesquisa.
“Estamos querendo dar o melhor de nós para que o curso de Agronomia seja implementado com sucesso e investir na pesquisa voltada para o aprendizado de nossos alunos e precisam prepará-los para os desafios da vida. É um projeto que busca qualificar, melhorar o ensino e desenvolver a pesquisa”, disse.
Segundo o professor é preciso se organizar mais para progredir, sendo necessário cuidar da floresta e da biodiversidade, produzindo e cuidando. “ Muitos alunos estão pisando na Universidade pela primeira vez e concluindo o curso de Agronomia podem ter assegurado seu futuro. Atualmente, temos um cruzeirense cursando pós-graduação na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), através de um convênio. Ele nunca tinha saído do Acre, foi sozinho com sua coragem para o Rio de Janeiro e se deu bem na cidade grande”, disse.
Para André Luiz, receber o título de Cidadão Cruzeirense, é uma honraria muito grande e agradeceu ao vereador Romário que enxergou o humilde serviço exercido por ele prestado em parceria com a professora Karen em prol da comunidade cruzeirense.
Segundo Melhorança os cursos de Agronomia e Engenharia Florestal serão responsáveis pela cadeia produtiva de alimentos com responsabilidade sócio-ambiental. “Os alunos destes cursos que aproveitarem a oportunidade terão as portas do mercado de trabalho aberta e poderão disputar de igual para igual as vagas em qualquer local do país, além dos mestrados e doutorados em qualquer universidade”, disse.
Romário Tavares D’Ávila destacou o merecimento do agraciado com o título de Cidadão Cruzeirense, a maior honraria dada pelo Poder Legislativo Municipal a um cidadão, destacando que o trabalho realizado pelo professor tem grande importância para o município. “ Parabenizo o trabalho realizado pelo professor André Luiz e a professora Karen, e muita importância para nossa cidade, e para mim foi uma felicidade ter conhecido estas pessoas que não medem esforço para bem realizar sua profissão. Fico feliz em hoje estar aqui na sala de Sessões da Câmara Municipal entregando este prêmio”, finalizou.

Blitz da Polícia Militar no final de semana apreende facas e terçados


O Pelotão de Trânsito da Polícia Militar realizou blitz no final de semana, iniciando no sábado, em diversos bairros da cidade e nas estradas de acesso a clubes, fazendo abordagens pessoais, verificação de porte de armas e de drogas.

Policiais do Comando de Operações Especiais (COE) deram apoio as blitz e apreenderam facas e terçados de diversos tamanhos e terçados que estavam em poder de jovens e dentro de veículos que se dirigiam ao Clube Farinhada, além de 3 terçados. Na abordagem os policiais revistaram todos que passavam, além de fiscalizar o interior dos veículos.
O capitão Emílio destacou que as operações foram determinação dos coronéis Júlio Cesar e Nascimento, comandantes do CPO e do Batalhão para garantir a segurança do cidadão.
“Colocamos o efetivo da Polícia Militar nas ruas e bairros fazendo abordagens com o objetivo de garantir a segurança da população. Apreendemos várias facas e terçados, além de deter alguns elementos que estavam em estado de embriaguês e até ameaçando outras pessoas. Recolhendo as armas brancas estamos com certeza contribuindo para a diminuição da violência”, destacou o oficial da PM.
No domingo (15) a blitz continuou na estrada de acesso à praia do Môa e novamente foram apreendidas muitas armas brancas e recolhidas motocicletas com a documentação irregular. Um elemento embriagado portando uma arma branca e um litro de wisky foi preso e recolhido ao xadrez.
“Quando se junta a bebedeira com as armas brancas os resultados não tem sido muito positivos”, disse o capitão Emilio, ao mostrar a quantidade de armas apreendidas.
Um taxista disse que apesar do transtorno e tempo perdido nas blitz a Polícia Militar estava de parabéns pela operação. “ Não sabemos o que alguns passageiros são capazes e quando há uma fiscalização como esta ficamos livres de alguns perigos”, disse.
O senhor Inácio de Freitas, 62 anos, morador da Boca do Môa, agradeceu o trabalho da Polícia Militar, que apreendeu muitas facas, dizendo que desarmar a população é uma coisa muito boa e garante a segurança de todos.

Análise da diversidade de Peixes com subsídio a gestão dos recursos pesqueiros do Juruá


Um seminário reuniu representantes de comunidades rurais da região, no auditório da Escola Francisco Braga, em Rodrigues Alves, na manhã de sexta-feira (13), para apresentar o resultado da pesquisa realizada pela Universidade Federal do Acre (Ufac) que analisou a diversidade de peixes com subsídio a gestão dos recursos pesqueiros do Juruá.
Seminário debate gestão dos recursos pesqueiros do Juruá e resultado de pesquisa
Governo investe na limpeza de rios e lagos na região


O professor e pesquisador da Ufac, Lisandro Juno, responsável pela pesquisa financiada com recursos do Senado e contrapartida do Governo do Estado, mostrou as lideranças rurais a necessidade da preservação das matas ciliares de lagos e rios que podem ser fator de desequilíbrio do meio-ambiente.
“ O projeto estuda a densidade de peixe nos lagos com finalidade de auxiliar no processo de gestão dos recursos pesqueiros na região. É uma demanda que a comunidade que usa os recursos pesqueiros tem pois a medida que o tempo vai passando está diminuindo a quantidade de peixes. Estudamos a possibilidade de gerar subsídios para o manejo da pesca na região”,
Segundo o pesquisador o projeto estuda ações para apontar o que será necessário para ajudar a resolver o problema da diminuição da quantidade de peixes nos rios e lagos, como o controle, educação ambiental e ainda a participação da comunidade usuária que necessita colaborar na solução do problema.
Juno destacou que os estudos feitos em 5 lagos entre Cruzeiro do Sul e Rodrigues Alves teve o apoio da comunidade e a avaliação comprovou que a diversidade de peixes nos lagos estudados não é muito alta e relativamente baixa se comparado com lagos como o Amapá, em Rio Branco.
“ Um dos objetivos do projeto era o envolvimento da comunidade para que eles não tivessem apenas os resultados, mas participassem da pesquisa. Ainda não temos as causas da diminuição da quantidade de peixe, podendo ser o desmatamento, efeitos de pesca predatória ou mudança do clima. É necessário alguns estudos para se identificar a origem do problema”, afirmou.

O superintendente do Ministério da Pesca no Acre, Samir Pinheiro, participou do seminário e destacou a realização da pesquisa enfatizando que não se pode conseguir resultados satisfatórios sem a pesquisa.
“ Este é um trabalho importante que mostra a preocupação do governo com a diminuição do peixe nos rios e lagos da região. A pesquisa mostra de forma clara que é preciso fazer uma política formulada para aumentar o pescado nos rios e lagos porque não pode existir pescador sem ter pescado. Mas, o trabalho já mostra resultados satisfatórios com o aumento do peixe nos lugares onde foi realizada a limpeza dos lagos. Com apoio da Embrapa, CNPq, Ufac e o Departamento de Pesquisa do Ministério da Pesca estamos empenhados em realizar estudos para solucionar estes problemas. O setor pesqueiro é o que mais cresce no país e precisamos baratear o preço do pescado na região, que é um dos mais caros do país. A implantação da Superintendência no Estado tem sido muito importante para o apoio aos pescadores”, disse.

Mamede Dankar, Chefe do Departamento de Regionais da Secretaria de Estado (SEAP), participou do seminário e destacou a iniciativa da desobstrução e limpeza de lagos da região do Juruá, realizado através de convênio com o Ministério da Pesca e apoio do Governo do Estado.
“ A Seap acompanha desde a elaboração do projeto até a execução do trabalho que está tendo resultados muito satisfatórios com o aumento da quantidade de peixes nos lagos, além de ter identificado mais 6 espécies que não estavam catalogadas, sendo um resultado fantástico do ponto de vista técnico. A limpeza dos lagos do Sacado da Nova Cintra, Grande e Tatajuba foram concluídas. Estamos iniciando a limpeza dos rios Timbaúba, Azul e Môa, em Mancio Lima e paralelamente realizando pesquisas. Hoje, o pesquisador está mostrando o resultado do trabalho para os pescadores e orientando a população ribeirinha para ter mais cuidados com a natureza e fazer o manejo para que não se corra o risco de ver as espécies desaparecer dos rios”, disse.

A presidente da Associação de Mulheres da Nova Cintra (Amuralha), Leide Ramos da Costa, comemorou o resultado da desobstrução dos rios e lagos da região, realizada pelo Governo do Estado, que aumentou de forma significativa a quantidade de peixes, melhorando o abastecimento dos ribeirinhos que estavam tendo dificuldade de pescar pela escassez de peixe. “ Agora temos muito peixe no lago da Nova Cintra e estamos abastecendo até as comunidades vizinhas. O que é difícil lá é carne de boi, peixe temos para garantir a necessidade da população e agradecemos os órgãos que estão desenvolvendo este trabalho”, disse.

O prefeito Burica destacou a importância do trabalho desenvolvido pela Superintendência do Ministério da Pesca, com apoio da Ufac e do Governo do Estado, que está aumentando o número de peixes nos rios e lagos da região.
“ Só tenho a agradecer o apoio do Ministério da Pesca que está investindo recursos para melhorar a condição de vida da população ribeirinha. Este projeto de desobstrução dos rios já deu resultados muito positivos, aumentando a quantidade de peixes nos lagos que receberam a limpeza e estavam cerrados por vegetais que prejudicavam a sobrevivência do peixe. Estou propondo que o Ministério da Pesca possa investir também na criação de peixe em tanques nos projetos de assentamento. Claro que queremos projetos bem elaborados para que não venha prejudicar o meio ambiente”, disse.
A respeito do projeto que coloca o peixe no cardápio na merenda escolar o prefeito disse que os recursos ainda são insuficientes porque o preço do pescado é muito caro na região, sendo necessário uma complementação de recursos para ter condições de colocar peixe na alimentação da merenda escolar.