segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Juruá abraça a Frente Popular

Os candidatos majoritários da Frente Popular e o governador Binho Marques estão desde sexta-feira no Juruá. Além de conquistarem o coração da maioria da população, fecharam apoio de importantes segmentos da sociedade: líderes da educação, associação dos pescadores e dirigentes do PMN de Cruzeiro do Sul.
Os candidatos majoritários da Frente Popular e o governador Binho Marques estão desde sexta-feira no Juruá. Além de conquistarem o coração da maioria da população, fecharam apoio de importantes segmentos da sociedade: líderes da educação, associação dos pescadores e dirigentes do PMN de Cruzeiro do Sul.

Djalma Barbosa, presidente do Conselho de Diretores de Escolas de Cruzeiro do Sul: “Edvaldo Magalhães será o senador da Educação.”

Silvânia Dias, estudante da Ufac em Cruzeiro: “Vamos votar na Frente Popular porque queremos continuar a ver o nosso Acre crescendo”.

Elenildo de Sousa, presidente da Colônia de Pescadores de Cruzeiro do Sul:, “O pessoal da Frente Popular e o Lula foram os únicos a lembrar dos pescadores de todos os lugares do Brasil.”

Tião Viana, candidato a governador, e os candidatos às duas vagas do Senado, Edvaldo Magalhães e Jorge Viana, realizaram comícios em Rodrigues Alves e Mâncio Lima e um bandereiraço no centro de Cruzeiro do Sul junto com a militância.


No início da noite de sexta-feira, o governador Binho Marques comandou uma reunião de líderes da educação ligados à Frente Popular de Cruzeiro do Sul. Diretores de escolas, coordenadores, supervisores e professores comprometeram-se com a campanha da Frente e assumiram a eleição de Edvaldo Magalhães como uma questão de honra. Para eles, Edvaldo, que já foi presidente do Sinteac, será o “Senador da Educação.”

O governador Binho Marques disse que “o Edvaldo vai ajudar o Tião Viana a ter o melhor programa de bolsas de estudos para nossos jovens fazerem a Universidade”.
Dirigentes da Colônia de Pescadores de Cruzeiro do Sul também confirmaram apoio a Tião, Edvaldo e Jorge. Eles explicaram que os governos da Frente Popular ajudaram a estruturar o setor, garantindo melhor qualidade de vida para as famílias de pescadores.

Presidente do PMN de Cruzeiro anuncia apoio a Tião, Edvaldo e Jorge

O presidente do PMN de Cruzeiro do Sul, Mamed Nepomuceno anunciou apoio a Tião, Edvaldo e Dilma para presidente. Ele explicou que candidato do PMN ao Senado não tem representatividade no município. “Sempre apoiei os governos da Frente Popular e eu seria cruel e covarde se não avisasse o povo do Juruá sobre quem é Petecão e sobre o perigo que é esse homem. Ninguém que é filiado no PMN vota nele”, afirmou Nepomuceno.


No comício de Mâncio Lima, o prefeito Gleison Rocha, do PMDB, também subiu no palanque de Edvaldo, Jorge e Tião para defender a Frente Popular.

APOSENTADA MORRE ATROPELADA AO TENTAR ATREVESSAR AVENIDA

O acidente aconteceu na Avenida Copacabana. A aposentada de 77 anos, Expedita Ferreira saía de uma igreja próximo a residência dela quando resolveu atravessou a rua foi atropelada por uma motocicleta em alta velocidade.
O acidente aconteceu na Avenida Copacabana. A aposentada de 77 anos, Expedita Ferreira saía de uma igreja próximo a residência dela quando resolveu atravessou a rua foi atropelada por uma motocicleta em alta velocidade.O acidente de trânsito ocorreu por voltas das 17h30 de sábado (4), a aposentada da Igreja Católica Nossa Senhora do Rosário, quando foi atingida pela motocicleta modelo CG 150, conduzida por Paulo Rebouças, 19 anos.

“Estava dentro da casa quando ouvi o som de uma colisão. E quando fui olhar na varanda percebi que era a minha amiga que tinha sido atropelada. Ainda tentamos conversar com ela, mas a Expedita apenas mexeu com a cabeça. Não sei como isso foi acontecer, porque ela era acostumada a atravessar a rua aqui e sempre ficava muito atenta. Mas sei que a velocidade aqui é demais. Já estava com medo e depois disso estou evitando até de sair de casa”, exclamou muito entristecida a aposentada de 78 anos, Maria do Carmo, amiga da vítima.

O condutor da motocicleta modelo logo após o corrido, tentou fugir, mas acabou levando um soco no rosto por uma testemunha, no intuito de impedir que ele evadisse do local até a chegada dos policiais.

Segundo informações da 1ª Ciretran, o motociclista portava apenas uma licença para dirigir (PPD), documento que vem antes da Carteira Nacional de Habilitação, esta que provavelmente será caçada.
Uma equipe do Serviço Móvel de Urgência (SAMU) prestou atendimento a vitima que não resistiu a gravidade dos ferimentos e veio a óbito no Pronto Socorro. Ela sofreu traumatismo e fraturas expostas nos braços e pernas.

Os números de vitimas fatais no trânsito de Cruzeiro do Sul a cada ano que passa assusta mais a população e os órgãos fiscalizadores. Somente no ano de 2009, foram registrados 11 óbitos. Até o mês de setembro deste ano o número já chega a décima vitima fatal.

Dayana Maia

Coligação faz caminhada no Taquari e realiza comício no Tancredo Neves.

A Coligação Liberdade e Produzir para Empregar reservou a tarde de sexta-feira para uma caminhada com bandeiraço no Taquari.O candidato a Governo do Estado,Tião Bocalom(PSDB) fez um longo percurso a pé pela rua Baguari, conversando com as pessoas,ouvindo reivindicações e sobretudo colhendo o apoio popular –fato que vem se tornando lugar comum em todas suas aparições públicas.

A Coligação Liberdade e Produzir para Empregar reservou a tarde de sexta-feira para uma caminhada com bandeiraço no Taquari.O candidato a Governo do Estado,Tião Bocalom(PSDB) fez um longo percurso a pé pela rua Baguari, conversando com as pessoas,ouvindo reivindicações e sobretudo colhendo o apoio popular –fato que vem se tornando lugar comum em todas suas aparições públicas.

Bocalom aproveitou para divulgar ainda mais seu plano de Governo e reforçar a idéia da retomada da produção para a geração de emprego e renda.”Nossa esperança é ver o Acre voltar a crescer por seus próprios meios”.O candidato se disse impressionado com o aumento da aceitação popular da campanha da oposição,”que vem se revelando em todos os lugares e entre todos os segmentos da população”.Em seguida,Bocalom se juntou ao candidato a Senado Federal,Sérgio Petecão, para visitar um grupo de Taekwondo e confirmar o compromisso de estimular todo tipo de esporte e artes marciais que ajudem a afastar a juventude das drogas e da bandidagem.

No início da noite, foi a vez do bairro Tancredo Neves. Promovido pelo PMBD, o comício realizado esta sexta-feira conseguiu reunir partidários, simpatizantes, membros da Coligação e uma grande parte da comunidade local que foi prestigiar o evento. O comício teve início com os discursos dos candidatos a deputado estadual do PMDB, a começar por Charqueiro, Rabelo e Rodrigo Pinto.Filho do falecido governador Edmundo Pinto, Rodrigo lembrou do compromisso herdado do pai pela luta e assistência dos mais pobres. Em sua fala, o presidente regional do PMDB, Flaviano Melo, disse que a Coligação segue cada vez mais unida. E afirmou que Bocalom pensa num Governo aos moldes do PMDB, quando a produção chegou nos melhores níveis no Estado. Flaviano enfatizou que Bocalom quer reeditar a distribuição de sementes, a assistência técnica aos produtores, o preço mínimo e a época em que os galpões da Cageacre ficavam abarrotados de produtos para distribuição entre a população .

Flaviano lembrou ainda dos bairros inaugurados em seu Governo, dentre eles o próprio Tancredo Neves e disse que o Governo de Bocalom ,”deve enveredar no mesmo rumo”.
Em seu discurso, Bocalom voltou a dizer que seu Governo vai tratar de gente . ”Meu governo vai ser do acreano e não da floresta. É um compromisso que tenho com toda a população do Estado”. E acrescentou que sua prioridade é o cidadão, para depois pensar nos animais e no meio ambiente. Bocalom insistiu que hoje o homem do campo não consegue plantar nem brocar seu roçado tal as exigências dos órgãos ambientais , ”que praticamente inviabilizaram a vida no campo e a sobrevivência do produtor rural”. Bocalom pregou uma volta ao campo e o retorno da produção rural para reforço da economia estadual, aumento e barateamento da oferta de alimentos e a consequente criação de diversos empregos para o Estado.

Ao falar ao público no final, Petecão disse que não vai dar ouvidos aos xingamentos oficiais dos programas eleitorais. Ele afirmou que vai seguir o conselho de uma velha eleitora,” que me falou para colocar tudo nas mãos de Deus e seguir em frente, rumo á vitória”. Petecão afirmou ainda que o Acre precisa de um senador com identidade própria, que tenha posição independente e não seja apenas “um joguete nas mãos dos poderosos”. E disse que como senador da República vai saber honrar seus compromissos com a população e trazer muitos recursos federais , ”para fazer frente a todas nossas necessidades”. Ele lembrou que toda a democracia precisa ter oposição, ”caso contrário tudo fica nas mãos de meia dúzia que passam a se achar os donos da verdade e da vontade alheia. E isto a população não pode permitir.”