domingo, 26 de setembro de 2010

Moradores do Centrinho recebem água encanada

Enquanto repassa os sistemas de água da rede urbana ao DEAS, a Prefeitura de Cruzeiro do Sul direciona as suas ações para comunidades mais afastadas do centro da cidade que durante a vida inteira não puderam contar com água potável em suas residências.
Enquanto repassa os sistemas de água da rede urbana ao DEAS, a Prefeitura de Cruzeiro do Sul direciona as suas ações para comunidades mais afastadas do centro da cidade que durante a vida inteira não puderam contar com água potável em suas residências.
“Eu sempre morei neste lugar e a vida inteira todos os moradores enfrentaram dificuldades com a falta de água. A dificuldade era grande para fazer tudo em casa, mas agora graças a Deus tudo está diferente, á água chega por conta, abastecendo todas as casa e só tenho a agradecer o pessoal da Prefeitura”. Este é o comentário da dona de casa, Maria de Fátima Soares moradora na Comunidade Centrinho, uma extensão do Bairro São José que fica na estrada de acesso ao aterro sanitário de Cruzeiro do Sul.

Aproveitando o poço artesiano da escola do Bairro que também é municipal e já foi reformada pela administração do Prefeito Vagner Sales, a Secretaria de Obras estendeu a rede de água através de tubulação para atender todos os moradores.
A ação mudou a rotina de muitas donas de casa que eram obrigadas a procurar cacimbas nas partes baixas para levar roupas e realizar outras tarefas domésticas. As cacimbas também eram alvo dos ladrões que furtavam os mergulhões utilizados para bombear água para as casas.

O prefeito Vagner Sales explica que a Prefeitura já instalou redes de água para outras comunidades semelhantes como é caso do Bairro Santa Terezinha que também não é atendido pelo DEAS. De acordo com o prefeito após o período eleitoral, outras comunidades localizadas em áreas suburbanas e rurais, serão atendidas com a o tão sonhado e indispensável abastecimento de água.

ESCOLAS DE CRUZEIRO DO SUL PREPARAM-SE PARA DESFILE CÍVICO

Este ano 12 escolas entre estaduais e municipais participarão do desfile tradicional no centro da cidade, em comemoração ao aniversário da cidade. Segundo o Coordenador da Secretaria de Cultura, Flávio Rosas, diferentemente do ano passado, a apresentação não tem finalidade competitiva, já que todas as escolas serão premiadas igualmente com troféus e ainda uma premiação em dinheiro estimada em R$500,00.
Este ano 12 escolas entre estaduais e municipais participarão do desfile tradicional no centro da cidade, em comemoração ao aniversário da cidade. Segundo o Coordenador da Secretaria de Cultura, Flávio Rosas, diferentemente do ano passado, a apresentação não tem finalidade competitiva, já que todas as escolas serão premiadas igualmente com troféus e ainda uma premiação em dinheiro estimada em R$500,00.

Com a proximidade da data comemorativa, os preparativos não param. Nesta semana que antecede a parada cívica do dia 28 de setembro, nas vias da cidade já é possível verificar os ensaios das escolas. Com isso, a movimentação dos profissionais da educação também tem sido muito grande com os preparativos para o desfile que acontecerá na próxima terça-feira, 28. O professor Aldemir Maciel leciona na Escola de Ensino médio professor Flodoardo Cabral. Ele assim como outros educadores esteve na manhã de hoje acompanhando o ensaio dos alunos ao som da fanfarra. Segundo ele, a escola há meses vem preparando-se para a apresentação.

“A fanfarra está ensaiando desde o mês de maio, mas somente nesta semana é que estamos começando os ensaios com os alunos de modo geral. Sem dúvida esta data é muito especial para todos nós e por isso estamos fazendo todo o possível para realizarmos um boa apresentação semelhante aos anos anteriores”, declarou o educador.
Dayana Maia

MAIS UM ENVOLVIDO NA MORTE DE PERUANO É PRESO PELA POLÍCIA

O Departamento de Policia Civil prendeu mais um acusado pelo latrocínio que vitimou Edson Alberto Torres Echevarria, o “peruano”, ocorrido no dia 06 deste mês, no centro da cidade.
O Departamento de Policia Civil prendeu mais um acusado pelo latrocínio que vitimou Edson Alberto Torres Echevarria, o “peruano”, ocorrido no dia 06 deste mês, no centro da cidade.

Na manhã dessa quinta-feira Francisco Roberto Ferreira morador do bairro da Lagoa foi preso e indiciado pela polícia como o quarto integrante no latrocínio (roubo seguido de morte) do “Peruano”. Três envolvidos já haviam sido presos: José Nilson Maçal da Rocha, 26, Francisco Araújo de Pinho, 19, e um menor de 17 anos que foi encaminhado ao Ministério Público.

Segundo o delegado de polícia, Vinicius Almeida, a prisão do quarto acusado ocorreu com base no depoimento dos outros três capturados e ainda fundamentado no depoimento de duas testemunhas que fazem parte do inquérito policial.

RELEMBRE O CASO:

Edson Alberto Torres, 38, foi assassinado a golpes de faca por três indivíduos depois de ser roubado. O crime ocorreu em frente a uma hospedaria onde estava residindo no centro da cidade. Os acusados tentaram roubar da vítima uma quantia em dinheiro. Eles desferiram cinco facadas na vítima que não resistiu os ferimentos e morreu logo depois de receber os primeiros socorros.
Dayana Maia

MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES CAPACITA MONITORES DE PONTOS DE INTERNET NO JURUÁ

Cruzeiro do Sul é sede do primeiro encontro de habilitação em tecnologias de informação e comunicação para os monitores e multiplicadores dos pontos GESAC. Representantes dos municípios de Mâncio Lima, Tarauacá, Feijó, Rodrigues Alves e Cruzeiro do Sul participaram do treinamento.
Cruzeiro do Sul é sede do primeiro encontro de habilitação em tecnologias de informação e comunicação para os monitores e multiplicadores dos pontos GESAC. Representantes dos municípios de Mâncio Lima, Tarauacá, Feijó, Rodrigues Alves e Cruzeiro do Sul participaram do treinamento.

O Ministério das Comunicações, através do programa GESAC de Inclusão Digital realiza telecentros do Comunidade Digital, por meio de um programa coordenado pelo Governo do Estado do Acre. Nessa quinta-feira, em Cruzeiro do Sul, os monitores dos telecentros instalados na região do Juruá participaram de um Curso de Formação em Uso de Tecnologias Digitais do Projeto. A Promotora de Inclusão Digital do projeto Laura Ludmilla foi quem coordenou o treinamento. Segundo ela, o principal objetivo do programa é contribuir para a universalização do acesso à Internet em comunidade isoladas como escolas rurais e comunidades indígenas ribeirinhas.

“O objetivo é formar os cidadãos conhecedores da tecnologia, de modo a usar o computador, bem como as ferramentas de comunicação, como blogs, skype, dentre outros que possam utilizar para participar de redes sociais e assim interagirem com o mundo a seu redor, mesmo diante do isolamento”, destacou Ludmilla.

O índio Iskubu Kaxinawá mora na Terra Indígena localizada do rio Breu. Segundo ele, a população local é de 584 indígenas e o telecentro local está chamando a atenção da população local. Cerca de 50 indígenas já utilizam diretamente a tecnologia. "Para nós é um conhecimento novo, que está chegando à nossa comunidade e a gente está aprendendo a lidar com isto e entender que tipo de ferramenta é essa e no que ela vem nos auxiliar".

O Projeto Formação GESAC está inserido no programa de inclusão digital leva internet em banda larga a mais de 11 mil telecentros em todo o país desde 2002. Com duração inicial de um ano, o projeto capacita monitores e multiplicadores para a formação em pontos previamente selecionados. O projeto pretende beneficiar milhares de pessoas em todo o país.