quarta-feira, 29 de setembro de 2010

CRUZEIRO DO SUL RECEBE NOVA USINA DE ASFALTO

Durante as comemorações dos 106 anos da cidade de Cruzeiro do Sul realizada na praça do centro cultural, prefeito Vagner Sales anunciou a chegada de uma nova usina de asfalto, conseguida por meio de uma emenda parlamentar. A expectativa é que agora novas ruas sejam construídas e que a pavimentação asfáltica seja contínua.
Durante as comemorações dos 106 anos da cidade de Cruzeiro do Sul realizada na praça do centro cultural, prefeito Vagner Sales anunciou a chegada de uma nova usina de asfalto, conseguida por meio de uma emenda parlamentar. A expectativa é que agora novas ruas sejam construídas e que a pavimentação asfáltica seja contínua.

Cruzeiro do Sul durante muitas gestões sofreu frente aos inúmeros problemas de pavimentação asfáltica. Mas a cidade que antes contava com uma usina velha, sucateada e com produção muito pequena, fabricando cerca de 60 toneladas de asfalto por dia, a partir de agora dispõe de sofisticado equipamento, que tem previsão de produzir 80 toneladas por hora de massa asfáltica.

Segundo o prefeito Vagner Sales, depois de muitas lutas e reivindicações, finalmente a prefeitura poderá trabalhar com mais estrutura. “Diante das dificuldades encontradas fizemos tudo que foi possível para atender a demanda do município. Agora com essa nova usina, que conseguimos, o pensamento é de que no próximo ano novas ruas sejam abertas e que possamos trabalhar muito mais que neste ano, já que temos a previsão de em janeiro também recebermos recursos de emendas na ordem de R$ 2, 5 milhões”, enfatizou Vagner Sales.

Além da usina de asfalto, o município recebeu 01 vibra cavadora; 01 máquina (tipo pá mecânica) e ainda 01 trator. Os equipamentos estão na ordem de 03 milhões de reais.

USINA DE ASFALTO IMPRESSIONA PELO TAMANHO:

O tamanho do equipamento impressiona e chama atenção da população que passa pela praça. Para ser uma idéia, foi necessária uma carreta para transportar a Usina de Asfalto até o município, que ao passar por Tarauacá teve dificuldades em trafegar pelas ruas da cidade devido o seu comprimento. Medindo 25 x 03m, a carreta não conseguiu fazer o perímetro na saída do porto para a Rua Doutor Sansão Gomes e acabou ficando durante uma hora atravessada na avenida. Mas ao final tudo transcorreu bem, chegando intacta a Cruzeiro do Sul, onde agora está em exposição no centro cultural da cidade.

Dayana Maia
Foto: Cleisson Costa

CEANOM REALIZA BAZAR BENEFICENTE

Nesta quarta e quinta-feira, 29 e 30, o Centro Recreativo Adilis Nogueira Maciel - Ceanom está realizando um bazar beneficente. Pelo quinto ano consecutivo, a instituição filantrópica realiza a atividade. A expectativa, assim como em anos anteriores é conseguir arrecadar recursos financeiros para melhorias no prédio.
Nesta quarta e quinta-feira, 29 e 30, o Centro Recreativo Adilis Nogueira Maciel - Ceanom está realizando um bazar beneficente. Pelo quinto ano consecutivo, a instituição filantrópica realiza a atividade. A expectativa, assim como em anos anteriores é conseguir arrecadar recursos financeiros para melhorias no prédio.

O Ceanom sobrevive através de doações da Associação Comercial do Alto Juruá, do Conselho Empresarial da Mulher e de um convênio firmado com a INFRAERO, além das parcerias que mantém com o Governo do Estado do Acre. A entidade não tem fins lucrativos e tem por finalidade educar integralmente a pessoa humana, principalmente os menos favorecidos.

Baseado nisso, a cerca de 5 anos realiza a equipe realiza a venda de peças de roupas e objetos de modo geral por meio do bazar. “Temos no bazar uma alternativa de nos auxiliar a darmos continuidade ao trabalho que fazemos com as centenas de crianças que atendemos. E para nós é sempre uma alegria poder contar com pessoas de bom coração para nos ajudar a torna isso possível”, declarou a coordenadora pedagógica, Sandra Viga ao referir-se a contribuição de empresários da cidade no evento.

As peças disponíveis, todas em bom estado de conservação, atraem muitos comparadores como, por exemplo, Eliomar Nunes, que não perdeu tempo e tratou de comprar uma chuteira. Segundo ele, o baixo valor das mercadorias, aliado a conservação do produto é um prato cheio para aquele que tem interesse em adquirir um produto encontrado nas lojas da cidade com um valor bem acima quando comparado ao do bazar.

A grande maioria dos produtos é doada por esposas de empresários e ainda por lojas conceituadas da cidade. A iniciativa de doação é fundamental para continuação da atividade segundo Agamedina Sales, coordenadora do Ceanom. Ela declarou que a ação beneficente deve ser seguida por outros empresários já que se trata de uma causa justa.

Dayana Maia

Em Cruzeiro do Sul, Dia do Surdo é comemorado com programação especial

A Secretaria de Estado de Educação, através do Núcleo de Apoio Pedagógico à Inclusão (NAPI), com objetivo de divulgar o Dia do Surdo, ocorrido no dia 26.

Escrito por Flaviano Schneider

Atividades culturais e esportivas e minicursos de Libras serão oferecidos aos surdos e comunidade escolar

A Secretaria de Estado de Educação, através do Núcleo de Apoio Pedagógico à Inclusão (NAPI), com objetivo de divulgar o Dia do Surdo, ocorrido no dia 26, organizou uma série de atividades para esta semana visando conscientizar a comunidade escolar da importância da Língua Brasileira de Sinais (Libras) e também oferecer aos surdos práticas esportivas e recreativas.

Na manhã desta terça-feira, no auditório da Secretaria de Educação, aconteceu a abertura das atividades com apresentações de teatro e dança por parte de alunos surdos, seguindo-se duas palestras: a primeira, com o tema ‘Conhecendo a Língua Brasileira de Sinais', foi proferida pela professora da Ufac Ivanete Cerqueira, e a segunda, ‘Causas da Surdez e Prevenção', foi proferida por Maria José de Oliveira Lima, fonoaudióloga do NAPI.

Hoje, na parte da tarde, começam as inscrições para os minicursos de Libras, que vão acontecer de 29 de setembro até 1º de outubro, com carga horária de 20 horas, de manhã, à tarde e à noite. Os cursos estão sob a responsabilidade das formadoras Roseane Silva Costa e Maria Arlete Costa Damasceno e dos instrutores surdos Regina Gonçalves Gomes e Silvânio de Souza Silva. Serão disponibilizadas 40 vagas para os interessados.

No fechamento da programação, dia 2 de outubro, durante a manhã estão previstas atividades esportivas com disputas de futsal e vôlei, além de uma gincana cultural na quadra da Escola São José e à tarde uma confraternização no balneário do Evanildo marcará o encerramento da Semana do Surdo.

Coordenadora do NAPI, Maria Aldenora dos Santos Lima conta que há 36 alunos surdos estudando na rede estadual de ensino em Cruzeiro do Sul. A educação inclusiva - ela informa - tem avançado desde 2006, não só com surdos, mas com toda a gama de diversidade, com alunos cegos estudando na rede estadual, alunos com outros transtornos e deficiência mental. "Para nós é uma alegria trabalhar com eles, porque fazem parte da sociedade e assim podem exercer sua cidadania, junto com os demais alunos. Eles tem habilidade para vencer na vida. Já temos surdos trabalhando na rede como instrutores, a sociedade só tem a ganhar", afirmou. Maria Aldenora agradeceu às escolas que vêm se esforçando para garantir a inclusão dos alunos especiais.

A professora Ivanete Cerqueira mostrou porque do ponto de vista da Linguística, a Libras é de fato uma língua. Segundo ela, tudo que a gente recebe é através de uma língua e no caso dos surdos como eles não tem resposta isso vem a diminuir sua capacidade cognitiva. Daí a importância da Libras: "O surdo em nada é diferente se ele tem acesso a uma língua; isto mostra que o desenvolvimento cognitivo de uma criança surda só é afetado se ele não tem direito à escola", disse.