terça-feira, 26 de outubro de 2010

Chegaram os últimos equipamentos para o estádio Arena do Juruá

Com 90 operários trabalhando diariamente, as obras do Estádio Arena do Juruá estão na fase de acabamento e a previsão de entrega em dezembro está confirmada, segundo o mestre-de-obras Antônio Silva Oliveira.

Escrito por Flaviano Schneider
Fotos: Onofre Brito(SECOM)

Caminhões estão chegando trazendo os últimos materiais como postes de iluminação, os refletores, toda a parte interna da subestação, transformadores, e luminárias.

Na semana passada foi iniciada a plantação da grama, que vai cobrir uma área de 126 m X 84 m, suficientes para o campo de futebol e as laterais, utilizando-se a variedade Bermudas Plus, uma das melhores para esse tipo de destinação. O responsável pela implantação do gramado, Edson Douglas de Oliveira, conta que a firma para a qual trabalha é de Marília (SP) e tem experiência de 15 anos na produção de grama e implantação em campos de futebol. Ele conta que a firma produz também os tapetes com grama, mas seria muito problemático trazer os tapetes de São Paulo para o Acre, pois eles chegariam muito danificados devido à fermentação e levaria muito tempo para recuperá-los. Sendo assim, a empresa optou por produzir as mudas em Cruzeiro do Sul, num total de 380 mil unidades.

A grama está sendo plantada em terreno macio, preparado com areia e composto orgânico, de forma que as quedas dos jogadores são amortecidas evitando contusões e arranhões. O campo tem um moderno sistema de drenagem e um sistema de rega automático, inclusive com sensores para regular a água em caso de chuva.

O estádio integra um complexo de equipamentos em que se envolvem quatro convênios que somam mais de R$ 18 milhões, e a conclusão integral vai acontecer em 2012, quando o estádio terá capacidade para 15 mil torcedores, com arquibancadas em toda a volta. A Arena do Juruá tem o mesmo padrão da Arena da Floresta, em Rio Branco, construída dentro das normas exigidas pela Federação Internacional de Futebol (Fifa).

O estádio, que terá em sua primeira fase capacidade para quatro mil expectadores com apenas um lanço de arquibancadas, tem obras avançando em diversas frentes. A cobertura da área que inclui os camarotes e estrutura para imprensa. A cobertura atinge tanto a parte interna quanto a externa do estádio. Segundo o engenheiro responsável pela obra, Maurício Trevisan, a parte externa coberta poderá ser destinada para exposições. Ele entende que ela deverá ser usada para abrigar alguns setores na próxima Expoacre Juruá.

Várias frentes de trabalho

Quanto à estrutura, Maurício informa que a parte de alvenaria, reboco, massa corrida, divisórias tudo caminha para os detalhes finais, assim igualmente as instalações hidráulicas, o sistema de combate a incêndio; o piso já está todo lançado, em fase de polimento. As vias de acesso estão em fase final de imprimação já tendo sido iniciado a colocação da capa asfáltica. Ao todo serão cerca de 2 km de asfalto, ultrapassando 11 mil metros quadrados de área asfaltada. As máquinas também estão trabalhando na construção de uma rotatória que dá acesso ao estádio, a partir da AC-405. O engenheiro considera o Arena do Juruá um estádio de concepção moderna, não ficando nada a dever aos similares Arena da Baixada, no Paraná e Arena da Floresta, na capital acreana.

Governo decreta luto oficial de três dias pelo falecimento do ex-governador do Acre Jorge Kalume

O Governo do Estado do Acre registra com pesar o falecimento, nesta terça-feira, 26, do ex-governador Jorge Kalume, que será sepultado nesta quarta-feira às 16h30 em Brasília, onde passou seus últimos anos. Jorge Kalume deixa, além de sua atual esposa D. Terezinha, três filhos (Márcia, Dário e Cláudio) e vários netos.

Filho ilustre de Xapuri, Kalume começou sua trajetória política na antiga ARENA - Aliança Renovadora Nacional, que substituiu o PSD. Foi prefeito de Xapuri no final da década de 50, deputado federal e nomeado governador de setembro de 1966 a março de 1971. Como governador, construiu a primeira ponte sobre o rio Acre e o Palácio das Secretarias. Foi senador da República entre 1978 a 1986.

Em 1988, já pelo PDS, Jorge Kalume foi eleito prefeito de Rio Branco, mandato que exerceu de 1989 a 1992. De sua passagem pela Prefeitura, ficou a Fundação Municipal de Cultura, posteriormente denominada Fundação Garibaldi Brasil pelo então prefeito Jorge Viana.

Membro de tradicional família libanesa, tem seu nome ligado à História do Acre pelo pioneirismo do comércio em sua cidade e pelos livros que escreveu como memorialista: um sobre a festa de São Sebastião, outro sobre o Colégio Divina Providência e um terceiro sobre a elevação do Território do Acre a condição de Estado. Era apaixonado pela história acreana e pela cultura. Comandou por muitos anos o Instituto Histórico do Acre. Foi membro da Academia Acreana de Letras e um dos Criadores da Universidade Federal do Acre.

Homem de convicções e coerente com seus ideais, Jorge Kalume atravessou duras batalhas políticas e nem sempre foi compreendido na essência, senão pelos mais íntimos, aos quais se revelava estudioso da cultura e da história do povo acreano e profundamente amoroso com as coisas de sua terra.

Em razão da morte do ex-governador Jorge Kalume, já foi decretado luto oficial por três dias.

Governo do Estado do Acre

DEZENAS DE VEÍCULOS FORAM APREENDIDOS DURANTE OPERAÇÃO DA CIRETRAN

Foram mais de 30 autuações e 20 apreensões realizadas na operação “Com menos imprudência teremos um trânsito melhor”. A expectativa do órgão é coibir práticas irregulares e evitar maiores imprudências no trânsito.

Dayana Maia

A operação iniciou na quarta feira, 20, no município de Mâncio Lima. No final de semana, as atividades foram concentradas na rodovia AC-405, em Cruzeiro do Sul. Durante toda a noite de sábado, os agentes do pelotão de trânsito, apreenderam inúmeros veículos. As principais infrações cometidas foram: falta ou vencimento de habilitação, veículos não licenciados, lacre violado, farol xenon e motoristas alcoolizados.

Outras operações serão realizadas. Segundo o gerente da 1ª CIRETRAN, Valdecir Dantas, o objetivo da instituição é diminuir possíveis acidentes e ainda oferecer maior segurança aos motoristas.

A próxima intervenção será nesta terça – feira, 26. O pelotão de trânsito pretende realizar fiscalização nos arredores da cidade do Guajará - AM, tendo previsto o grande fluxo de veículos que circulará na estrada devido o Show da dupla Sertaneja Victor e Léo na cidade amazonense.

TJ E MPE CONTINUAM COM PROJETO DE JURI POPULAR EM ESCOLAS DE CRUZEIRO DO SUL

O julgamento ocorre por meio de júri popular na escola de ensino médio Dom Henrique Ruth. Centenas de alunos participam da experiência. Eles podem fazer perguntas ao juiz de direito e ao promotor de justiça, além de conhecer como funciona um júri popular.

Dayana Maia
A iniciativa de realizar sessões nas escolas já está em sua quarta é inédita no município e foi proposta pelo promotor Iverson Bueno e o juiz Hugo Barbosa. A cada novo julgamento aumenta o empenho e interesse dos alunos em conhecer melhor a funcionalidade do tribunal de justiça e do Ministério Público. Resultado muito positivo segundo o juiz de direito Hugo Barbosa. “Ouvimos de professores que o comportamento dos alunos melhorou muito depois de terem participado dos julgamentos. Além das questões específicas, durante os intervalos respondemos outros tipos de perguntas, assim também como já tiramos dúvidas de alunos que nos procuraram até mesmo no fórum. Com isso notamos uma maior aproximação das pessoas com o judiciário”.

O Promotor de justiça Iverson Bueno declarou que é pouco o número de pessoas na cidade que sabem que o júri é público. De modo que praticamente não existe a participação da comunidade durante os julgamentos realizados no fórum. Por meio do júri popular nas escolas, a expectativa é que haja uma maior aproximação dos cidadãos com a justiça. “Dificilmente a população tem conhecimento do que acontece nos julgamentos. A partir do reflexo obtido por meio do júri popular nas escolas percebemos que a iniciativa é bastante válida, tanto para incentivar os alunos a praticar a carreira jurídica, quanto sensibilizá-los a cerca da lei, por meio das noções de funcionalidade judiciárias presentes em nosso país, finalizou Bueno.

Para a estudante Alígia Souza,17, o júri possibilitou inúmeras descobertas e importantes experiências, principalmente para sua futura profissão. Ela pretende fazer vestibular para direito. Pretendo ter formação como advogada e considerei muito importante essa atividade porque agora posso decidir com mais convicção se de fato quero seguir a carreira no judiciário.

O julgamento dessa segunda-feira, 25, foi o do agricultor Paulo César. Ele é acusado de ter assassinado Antônio “Peruano”, morto com um golpe de faca na região do peito, durante uma festa de aniversário em uma comunidade no interior do município de Cruzeiro do Sul, há cerca quatro anos.

Prefeitura de Cruzeiro do Sul resgata o Festival da Canção Cruzeirense

Festival que sempre foi tradição na Região do Vale do Juruá revelando dezenas de artistas regionais, voltou a ser atração em Cruzeiro do Sul. Em duas noites foram 26 apresentações de músicas inéditas. Vencedores em sete categorias foram premiados.
O evento promovido pela Secretaria Municipal de Cultura foi realizado na Praça do Centro Cultural de Cruzeiro do Sul, nas noites de sábado e domingo, 23 e 24 de outubro. Um total de 16 artistas regionais apresentaram 26 canções que impressionaram o público e o corpo de jurados.

A cantora e jornalista, Luciana Teixeira, foi a grande vencedora do festival, ganhando também o prêmio de melhor interprete. “Eu estou muito feliz por sair vencedora no meio de tantos talentos, realmente são artistas de auto nível. Quero parabenizar a Prefeitura por resgatar acontecimentos como este que valoriza os talentos da terra. Sou grata também aos integrantes da banda, esses músicos são muito bons, em pouco tempo conseguiram criar arranjos para 26 músicas inéditas”, destaca.

Em segundo lugar na classificação geral ficou o artista, Dheimesson Souza, que ainda saiu vencedor em duas categorias, melhor música e melhor letra. A artista Suelen Teles foi a terceira melhor na opinião dos jurados, ela também saiu vencedora na categoria revelação.

O secretário municipal de cultura, Ivo Galvão, disse que o retorno do festival foi um pedido do prefeito, Vagner Sales, que conhece os valores culturais da cidade e sabe da importância do evento para revelar artistas na região. “O resultado foi um festival de auto nível, com excelentes compositores e extra-ordinários intérpretes. Agradecemos aos músicos que em pouco tempo de ensaio conseguiram belos arranjos. Vamos realizar o festival numa data fixa para que os artistas possam se preparar com mais antecedência, assim, nos próximos anos teremos festivais ainda melhores”, conclui.